Ir de férias com a nossa mascote é um privilégio. Todavia, ao planear a sua saída, não se esqueça de fazer planos também para ela! É importante pensar nas diferentes fases, desde a viagem em si à rotina que irá ter diariamente nesse período.

Antes de viajar…

O primeiro cuidado a ter, é certificar-se que o alojamento permite animais de estimação e em caso afirmativo, confirmar se há zonas envolventes que permitam os passeios diários que precisará de dar. Se a primeira barreira estiver ultrapassada, vamos à profilaxia! Este nome complicado, quer dizer que devemos ter alguns cuidados na prevenção de doenças que existam em certos países ou regiões de Portugal. Por exemplo, se as férias forem para o Vale do Douro, Vale do Tejo ou Algarve, terá de fazer a vacina da leishmaniose. Se por outro lado, viajar para Portugal centro (como Coimbra ou Figueira da Foz), terá de se preocupar em fazer a prevenção da dirofilariose.

Se as doenças são um fator a ter em conta, outra situação que não podemos descurar quando planeamos as férias são as temperaturas do nosso destino. Tanto em viagens para a neve, como para locais muito quentes, teremos de ter o cuidado de hidratar e proteger as almofadas plantares do seu cão, pois pode ter queimaduras graves. Além disso, se no seu destino de férias levá-lo para a praia for uma opção, diariamente, deve passar o pelo por água limpa, e só no fim das férias é que deverá tomar um banho completo (se desejar, explore o nosso serviço de grooming com banhos e tosquias).

Profilaxia à parte, não se esqueça de um outro aspeto crucial que é a alimentação e hidratação do seu patudo. É importante que leve a comida a que ele está habituado e, também, que se certifique de que ele tem água sempre à disposição.

Durante a viagem…

No que respeita à viagem em si, há comprimidos que podem ajudar a diminuir o stress do seu animal de companhia ou evitar que ele vomite. Dependendo do meio de transporte e da duração da viagem, este pode ser um aspeto relevante e o seu médico veterinário pode aconselhá-lo e ajudá-lo, por isso, informe-se, previamente, junto do mesmo.

Cada patudo viverá as férias à sua maneira, mas a excitação da viagem será inevitável e poderá trazer algumas alterações, nomeadamente, da consistência das fezes. Neste sentido, fazer-se acompanhar de um probiótico pode ser uma boa opção.

Depois de se preparar para as férias, seja qual for o destino, divirtam-se!

Qualquer dúvida que possa surgir, o Hospital Veterinário +Ani+ está disponível pelo Messenger do Facebook, do Instagram ou através do 935 450 515.

Boas férias 😊

Artigo escrito para a Newsletter de Agosto. Leia a Newsletter completa aqui.

Artigo escrito pela Diretora Clínica e Médica Veterinária
Dra. Sara Curvelo do Hospital Veterinário +Ani+

Sara Curvelo